News

A quadratura do círculo

Humanismo digital

December 16, 2019

Uma instalação para representar uma iniciativa. Uma iniciativa considerada impossível por alguns. Uma iniciativa que a Bip viu como um novo desafio, pronta para ousar e acreditar em um projeto, em conjunto com o município de Milão e para os cidadãos milaneses, que pode ser a solução ideal.

A "quadratura do círculo", isto é a solução perfeita para um determinado problema, inspirou o trabalho, desenhado pela jovem artista Giulia Zorzella, que hoje representa o novo projeto da Bip.

Um projeto de educação digital para comunidades que precisam ser alfabetizadas nesse sentido, para garantir que as novas tecnologias e os serviços a elas conectados realmente constituam um fator de desenvolvimento social e não ampliem a distância entre os cidadãos capazes de usá-los e os que não estão familiarizados com eles.

A Bip pretende demonstrar que uma atividade educacional desse tipo é possível e terá impactos positivos no crescimento cultural dos cidadãos milaneses.

A instalação parece um cubo oco, no qual é possível entrar e, acompanhado por uma música com-posta por Matthieu Mantanus (pianista, diretor, compositor e publicitário), viver a experiência de atravessar dois mundos: um humano e redondo, e outro quadrado e tecnológico.

Ondas sonoras sinusoidais de um lado, quadradas do outro, a voz humana entrando e o sintetizador saindo. Esses são os componentes da experiência musical dentro do cubo e, portanto, a instalação se torna o ponto de encontro entre esses sons e ritmos opostos.

Um lugar único onde nasce uma nova harmonia entre vários elementos que podem parecer in-compatíveis, mas que não são. A quadratura do círculo

Mantenha contato

Você está pronto para a arte de fazer sentido e fazer as coisas acontecerem?